As Listas de Livros

livros

Há alturas em que estou em modo furioso de leitura e que a meio de um livro já sei qual vai ser o próximo, e quase que desejo acaba rapidamente um para passar ao outro. Assim se passam muitos meses do ano, numa sucessão vertiginosa de títulos, por vezes sem relação, mas muitas vezes como as cerejas, em que um puxa outro.

Depois há sempre uma altura em que me canso, em que os livros que tinha pensado ler afinal não parecem tão apelativos, em que me apetece uma mudança, ou simplesmente abrandar. Agora, por exemplo, tenho dois livros começados mas sem grande vontade de os continuar, não porque não estou a gostar, mas porque preciso de abrandar o ritmo.

É nestes “tempos mortos” que vou pesquisando aqui e ali novas coisas para ler. Leio outros blogues de livros, sigo editoras, mas uma das minhas grandes inspirações vem do Goodreads. Lá estão sempre livros a ser-me recomendados de acordo com o meu histórico de leitura, e com os livros nas minhas “prateleiras”. Mas quando queremos coisas diferentes, o Goodreads tem uma coisa chamada Listopia, que é basicamente uma lista de listas. Nelas temos imensa coisa, como os livros mais votados de 2020, os melhores livros em português, etc, etc.

As minhas favoritas são sem dúvida a lista dos livros de viagem e a dos livros de natureza. Obviamente que não estou interessada em ler todos os livros da lista, até porque são votados pelos utilizadores e nem sempre são muito científicos, por exemplo, mas encontro sempre ideias novas e coisas que tenho vontade de investigar. Vão até lá espreitar e inspirem-se.

Listopia

Favourite Travel Books

Best Nature Books

Boas Leituras!

Ponto da Situação

Goodreads Challenge

O Peixinho este ano tem dois desafios. O maior de todos, autoproposto, de não comprar mais livros em 2018, tem andado a correr bem. Não podemos obviamente contar com livros comprados para oferecer, e sem eles não tenho comprado mais nada. O outro Peixe cá de casa tem prevaricado, mas o desafio não é dele, por isso não conta.

Também já vendemos alguns livros dos quais gostavamos, mas que não se coadunavam com o tipo de livros que queremos manter na biblioteca pessoal, que prima pela falta de espaço. Neste frente, tudo a correr bem.

O outro desafio, puramente de competetividade pessoal, é o número de livros a que me proponho ler no inicio do ano no Goodreads. Este ano, como na maioria dos anos, a meta eram 50 livros, e ainda não a atingi. Nada de novo, isto é uma maratona e não um sprint, e cada livro deve ser saboreado e apreciado. Ainda por cima o livro que tenho em mãos no momento, um épico de fantasia, tem a módica quantia de 814 páginas, por isso não há mesmo pressas.

Mas estamos na reta final dum ano que foi (e continua a ser) para mim muito cheio de eventos, nem todos felizes mas todos com algum grau de stress associado, por isso os livros também ajudam a descontrair e relaxar um bocadinho. Faltam 6, um tirinho como se diz cá por casa.

Boas Leituras!

Mais Olhos que Barriga

goodreads

Eis que estamos chegados ao início do último mês do ano e neste momento ainda me faltam ler 5 dos 50 livros que me propus ler no Goodreads. 4 semanas para 5 livros, pode parecer exequível, e noutra altura qualquer seria, mas à velocidade a que a minha vida anda agora parece-me uma tarefa titânica.

Por isso, das duas três. Ou o autocarro demora mais tempo no percurso agora que estamos em época de Natal e consigo atingir o objectivo, ou não leio 50 livros e nada acontece (a não ser as normais convulsões duma obsessiva/compulsiva), ou ando na última semana a ler Tio Patinhas para chegar aos 50.

Na realidade, já devo ter ultrapassado essa marca, mas alguns dos livros grátis que me chegaram às mãos eram tão mauzinhos que até para mim própria tive vergonha de admitir que tinha perdido tempo naquilo. E isto no ano em que regressei às Sombras.

Actualizarei este tópico mais para o final do ano, até lá boas leituras.