O Candy Crush

Candy Crush

Mas o que é que o Candy Crush tem a ver com livros? Nada e tudo. Eu sou uma leitora obsessiva, que passa muitas horas por semana a ler, como já referi inúmeras vezes. No primeiro ano que me registei no Goodreads consegui ler imensos livros, apesar das pausas diárias que tenho de fazer para trabalhar.

Mas no ano seguinte aderi, ainda que tardiamente, à febre dos smartphones e deixei-me consumir. Para conseguir chegar ao objectivo de livros que tinha traçado, muito menor que no ano anterior, tive de ler muita banda desenhada e livros pequeninos de 100 páginas. Em vez de ter viagens de autocarro vibrantes em terras distantes, a viver aventuras desmedidas, passei a estar rodeada de rebuçados, chocolates e gomas. Nas horas de almoço era a euforia colectiva, com toda a gente a tentar ultrapassar mais um nível, e o meu cérebro foi ficando diabético e mirrado.

2016 é o ano da desintoxicação alimentar, os doces e outros jogos tentadores estão em segundo plano e as minhas viagens diárias voltaram a ser um mundo para descobrir.