O Último Jedi

SW

Atenção, este post está carregadinho de spoilers e se ainda não viram o filme e tencionam ver em alguma altura, não leiam. Mas também, fiquem já a saber que não há nada de novo mesmo, por isso os spoilers não são nada de especial.

O Peixinho foi este Domingo ver o novo episódio da saga Star Wars, mais por um sentimento de militância do que por achar que iria ser deslumbrada ou surpreendida.

O primeiro erro que cometi foi ter ido ao Alegro à tarde. Eram pipocas por todo o lado, conversas paralelas, adultos a explicar a crianças o sentido do universo (não há, não vale a pena). O segundo erro foi termos ido, ponto. Já resolvemos entre nós que o próximo vemos no aconchego do lar e poupamos o trabalho e o dinheiro.

Quer dizer, eu sei que isto é ficção científica e não tem que ter muita aderência à realidade, mas sinceramente há limites. A princesa Leia a navegar no espaço sem fato e ainda conseguir voltar à nave apenas com o poder da mente, onde lhe abrem a portinha para ela entrar. Vácuo. Diz alguma coisa a alguém? Leis da física? Ok, podemos suspender algumas e continuar com a nossa vida, mas não exageremos.

Depois também há limites para a quantidade de bichos fofinhos ewok inspired para fazer o jeito à Disney e animar a criançada. E mais uma cena em que se entra num bar cheio de extraterrestres manhosos à procura dum mercenário que eventualmente os vai trair e juro que grito.

O problema destes novos filmes é que não trazem nada de novo, a não ser efeitos especiais e mais explosões. As histórias nem são reinvenções, são cópias politicamente correctas das originais, e não surpreendem nem animam.

E pronto, tenho pena que assim seja porque gostei muito dos originais, revi-os muitas vezes, e não estava à espera que as sequelas fossem dignas do Festival de Cannes, mas acho que se tentam colar demasiado ao universo da Marvel e afins que atolou as nossas salas de cinema nos dias de hoje.

Safa-se disto o honroso Rogue 1, que conseguiu entreter sem ser pretensioso.

E pronto, acho que terminei a minha refilice, aconselho os fãs indefectíveis a ver na mesma, eu própria fui, mas não esperem uma maravilha cinematográfica.

Anúncios

One thought on “O Último Jedi

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s