Em busca da inspiração perdida

os livros

Há algum tempo discuti aqui no blog que estava com bloqueio de leitor. Isso deveu-se também a estar com a cabeça ocupada com os preparativos para a minha viagem a São Tomé, mas o facto é que mesmo depois de voltar não tenho tido muita inspiração para voltar a pegar em livros. Esta viagem perdurou no tempo e tem ocupado muito espaço na minha cabeça.

Por isso tenho começado inúmeros livros sem os prosseguir, nenhum tem satisfeito a minha curiosidade. Entretanto finalmente acabei um livro do Tom Wolfe que tinha começado a ler no ano passado, coisa atípica em mim que nunca passo muito tempo com o mesmo livro, mais depressa me aborreço e desisto de vez.

Mas a semana passada, absolutamente por acaso, deparei-me com um pequenino programa de 5 minutos na RTP3 chamado Os Livros. è um programa despretensioso que prentende apresentar uma sugestão de leitura em cada episódio, duas por fim de semana. O título relembra Manuel António Pina, um poeta que gosto muito, e que é invocado logo no primeiro episódio.

O episódio que vi falava de Proust e a sua obra “Em Busca do Tempo Perdido” (podem ver aqui na RTP Play). Confesso que nunca me tinha passado sequer pela cabeça ler semelhante livro. Sou um bocado impaciente, e quase 3000 páginas de livro não é coisa que se comece de ânimo leve, e até agora só em livros de fantasia tenho conseguido essa proeza. No entanto o(s) livro(s) foi apresentado duma maneira tão absolutamente interessante, que sinto que tenho mesmo de ler. Já está na minha lista TBR.

Mas para não se pensar que o programa apenas puxa ao intelectual, o episódio de hoje por exemplo foi dedicado ao Calvin&Hobbes. Por mim, tenciono ver os episódios todos. Em blocos de 5 minutos há-de ser num instante, e tudo para resolver este bloqueio que me assola.

Anúncios

4 thoughts on “Em busca da inspiração perdida

  1. Duas sugestões 😀
    Um livro que ando a tentar enfiar nas mãos de todos – O Livro de Zoran Zivkovic (em que o livro é tornado personagem e fala dos seus próprios traumas em ser aberto a torto e a direito em qualquer lugar, maltratado, riscado, escolhido a metro para caber nas prateleiras e de preferência de capa em cabedal … e pelo meio fala da sua criação e faz das várias profissões em torno do livro uma paródia).
    Se gostas de ficção científica e queres algo divertido e leve , The Mad Scientist’s Guide to World Domination – uma antologia de contos em que vários autores se centram em cientistas loucos que querem dominar o mundo.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s